Cabeçalho

domingo, 18 de fevereiro de 2018

7 coisas que (possivelmente) Não Sabias sobre Black Panther


Descobre os factos e curiosidades sobre o mais recente filme do universo Marvel. “Black Panther” conta a história de T’Challa, que volta a casa, Wakanda, para se tornar rei.
Depois de ter surgido em “Capitão América: Guerra Civil”, Black Panther tem agora um filme a solo. O 18º filme do universo cinematográfico da Marvel conta a história de T’Challa, que depois da morte do seu pai, volta à nação africana isolada e tecnologicamente avançada, para subir ao trono. Mas, quando um antigo e poderoso inimigo reaparece, a força de T’Challa como rei de Wakanda é testada. O jovem rei deve reunir os seus aliados e libertar o poder total de Black Panther para derrotar os seus inimigos e garantir a segurança do seu povo.
Neste artigo desvendamos a origem de “Black Panther” e algumas curiosidades.

BLACK LEOPARD?

A personagem fez a sua estreia no universo da banda desenhada em “Quarteto Fantástico Vol. 1”, Edição 52, publicada em julho de 1966. A criação de “Black Panther” surgiu dois meses depois da fundação do Partido Black Panther. Como muitas pessoas associavam o super-herói ao partido, então foi alterado o nome à personagem para “Black Leopard”. No entanto, nem os criadores nem os fãs gostaram da nova designação, o que levou a que o protagonista voltasse ao nome original.
LUTA À MODA DO ROCKY
As sequências de luta da longa-metragem da Marvel são baseadas nas artes marciais africanas. A produção também admite que se inspiraram em “Creed: O Legado de Rocky” e nos filmes de “Kingsman” para o estilo das cenas de ação de “Black Panther”.
O elenco fez a maioria das sequências de luta que surgem no filme. Todos os atores tiveram que comparecer num “campo de treino”, com a finalidade de os preparar para os aspetos físicos de cada uma das personagens.

“BLACK PANTHER” DOS ANOS 90

Wesley Snipes demonstrou interesse em interpretar o super-herói na década de 90, tendo chegado a ir aos estúdios da Columbia Pictures com um guião. Mesmo quando o ator estava a dar vida ao caçador de vampiros Blade, Snipes ainda queria interpretar Black Panther. Contudo, a Marvel optou por seguir um caminho diferente.

LONGA MAQUILHAGEM

Michael B. Jordan, que interpreta Erik Killmonger, passou diariamente uma média de duas horas e meia na maquilhagem de efeitos especiais, para que lhe aplicassem cerca de 90 moldes de silicone esculpidos individualmente, na parte superior do corpo. Este processo, implicava a colocação de cada molde e, em seguida, a mistura e pintura para combinar com o tom de pele de Jordan. Cada uma das cicatrizes de Killmonger representa os seus assassinatos ao longo dos anos.

XHOSA, A VERDADEIRA LÍNGUA

Desde o início, que foi decidido que Xhosa, uma das línguas oficiais da África do Sul, seria a língua de Wakanda. Começou em “Capitão América: Guerra Civil“, quando o ator sul-africano John Kani, que interpreta o rei T’Chaka, usou o seu sotaque nativo. Chadwick Boseman, que interpreta T’Challa/Black Panther também o adotou.

AÇÃO EM DIRETO

A cena do carro de alta velocidade para a sequência do Casino, foi filmada na agitada cidade costeira de Busan, na Coreia do Sul, durante quase duas semanas. Como o realizador Ryan Coogler queria que a cena ficasse perfeita, levou um editor para o cenário, com o propósito de cortar as imagens em tempo real. Esta tarefa não é feita durante a produção, mas o cineasta sentiu que era a melhor maneira de capturar toda a ação, acrobacias e efeitos especiais ao segundo.

UM T’CHALLA, MUITOS ATORES

Adewale Akinnuoye-Agbaje, Anthony Mackie e Djimon Hounsou foram considerados par o papel de Black Panther. Porém, os três atores seguiram e conseguiram outros papéis no universo Marvel:
  • Agbaje foi Algrim/Kurse em “Thor: O Mundo das Trevas
  • Mackie foi Sam Wilson em “Capitão América: O Soldado do Inverno
  • Hounsou foi Korath em “Guardiões da Galáxia
Também John Boyega (“Star Wars: O Despertar da Força“) foi considerado para o papel de T’Challa.
 Fonte: MGD

Um comentário:

  1. Eu quería ver o trabalho de Djimon Hounsou no filme. Um dos aspectos mais importantes de cada produção é o seu elenco, pois deles despende que a história seja caracterizada corretamente. Acho que em Rei Arthur a Lenda da Espada fizeram uma eleição excelente ao eleger os atores,sobre tudo ancho que é umo dos melhores filmes de Djimon Hounsou . Gostei muito desta história, acho que é perfeita para todo o público.

    ResponderExcluir

Deixe ficar o seu comentário.

Tecnologia do Blogger.