Cabeçalho

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Biografia de Trevor Noah


Trevor Noah (Joanesburgo, 20 de fevereiro de 1984) é um comediante, apresentador, locutor e ator sul-africano. É o atual apresentador do programa The Daily Show, tendo sucedido a Jon Stewart em 2015.

Trevor nasceu em Joanesburgo, na África do Sul. A sua mãe, Patricia Nombuyiselo Noah, é sul-africana de origem indígena e judaica, e o seu pai, Robert é suíço. Trevor frequentou a Maryvale College, uma escola católica privada em Joanesburgo. Na altura em que nasceu, a relação dos seus pais era ilegal em virtude do Apartheid e a sua mãe chegou a ser presa e obrigada a pagar uma multa. O pai de Trevor regressou à Suíça durante a sua infância, pelo que ele foi criado pela sua avó, Nomalizo Frances Noah. Trevor foi um frequentador assíduo da igreja durante a sua infância.


Trevor tem dois meios-irmãos mais novos, filhos do segundo marido da sua mãe, Ngisaveni Shingange, de quem acabou por se divorciar. Em 2009, quando ficou noiva de outro homem, Ngisaveni alvejou-a na cara e na coluna; ele não conseguiu disparar mais porque a sua arma encravou. Mais tarde, Ngisaveni ameaçou matar Trevor. Em 2011, Ngisavenifoi condenado por tentativa de homicídio. Trevor afirmou que esperava que a atenção que o caso atraiu servisse para chamar a atenção para o problema da violência doméstica na África do Sul: "A minha mãe pediu ajuda à polícia durante muitos anos devido à violência doméstica e ao abuso que sofreu, mas não fizeram nada. Esta é a norma na África do Sul. As queixas desaparecem e os casos nunca chegam a tribunal."

Em 2012, Ngisaveni recebeu uma pena de três anos por tentativa de homicídio. O facto de ser mulato, as suas experiências enquanto crescia num Sweto e as suas observações sobre raça e etnia são os principais temas dos seus espetáculos de stand-up comedy.

Carreira
Trevor foi um dos protagonistas da telenovela sul-africana Isidingo em 2002 quando tinha 18 anos. Nessa altura teve o seu primeiro programa de rádio, "Noah's Ark" na estação YFM. Entre 2004 e 2006, Trevor apresentou o programa infantil "Run The Adventure" no canal SABC 2. Em 2007 apresentou um programa de celebridades, The Real Goboza, no canal SABC 1, Siyadlala, um programa de desporto no mesmo canal.

Em 2008 apresentou com Pabi Moloi o programa The Amazing Date e foi um dos concorrentes do programa Strictly Come Dancing. Em 2009 apresentou a cerimónia de prémios de cinema e televisão, South Africa Film and Television Awards e o programa The Axe Sweet Life, um reality show, com Eugene Khoza. No ano seguinte, apresentou a cerimónia de prémios de música South African Music Awards e teve o seu primeiro programa em nome próprio, Tonight with Trevor Noah, no canal MNet (na segunda temporada, o programa passou para o Mzansi Magic Channel). Ainda nesse ano, Trevor assinou um contrato de publicidade com o Cell C, o terceiro maior serviço de telecomunicações da África do Sul.
Nesta altura, Trevor deixou o seu programa de rádio e desistiu da representação para se concentrar na sua carreira de comediante. No seu país Natal atutou com comediantes como David Kau, Kagiso Lediga, Riaad Moosa, Darren Simpson, Marc Lottering, Barry Hilton e Nik Rabinowitz, e internacionalmente com Paul Rodriguez, Carl Barron, Dan Ilic e Paul Zerdin, Em novembro de 2007 fez a primeira parte dos espetáculos de Gabriel Iglesias e, mais tarde, do comediante canadiano Russell Peters na sua digressão na África do Sul.

Trevor participou em vários espetáculos de comédia sul-africanos, incluindo o "The Blacks Only Comedy Show", o "Heavyweight Comedy Jam", o "Vodacom Campus Comedy Tour", o "Cape Town International Comedy Festival", o "Jozi Comedy Festival", e o "Bafunny Bafunny" (2010). Os seus espetáculos em nome próprio na África do Sul incluíram: The Daywalker (2009), Crazy Normal (2011), That's Racist (2012), e It's My Culture (2013).

Trevor mudou-se para os Estados Unidos em 2011. No dia 6 de janeiro de 2012, Trevor tornou-se no primeiro comediante sul-africano a participar no The Tonight Show e, em 17 de maio de 2013, no primeiro a participar no Late Show with David Letterman.

No mesmo ano, estreou You Laugh But It's True, um documentário sobre a sua vida. Ainda nesse ano lançou o seu espetáculo a solo, Trevor Noah: The Racist, baseado num outro espetáculo que já tinha apresentado no África do Sul. Apresentou ainda o "Roast" do cantor sul-africano Steve Hofmeyr no canal Comedy Central.

Em 2013, apresentou e lançou em DVD o espetáculo Trevor Noah: African American. No dia 11 de outubro de 2013 participou no programa britânico, QI. No dia 29 de novembro de 2013 fez parte de uma das equipas do programa 8 Out of 10 Cats, do Channel Four. Regressou ao programa em 12 de setembro de 2014.

The Daily Show
Em dezembro de 2014, Trevor juntou-se à equipa do The Daily Show. Três meses depois, em março de 2015, o canal Comedy Central anunciou que Trevor tinha sido escolhido para suceder Jon Stewart como apresentador do programa. O seu primeiro programa como apresentador foi para o ar no dia 28 de setembro de 2015.

Polémica
Poucas horas depois de a Comedy Central revelar que Trevor seria o novo apresentador do The Daily Show, alguns dos seus tweets foram alvo de controvérsia. Nomeadamente, algumas piadas que tinha feito em relação a mulheres e a judeus. Trevor respondeu às críticas num tweet, afirmando: "Reduzir as minha opiniões a meia-dúzia de piadas que não resultaram não constitui uma expressão verdadeira do meu caráter, nem da minha evolução como comediante". 

A Comedy Central defendeu Trevor num comunicado de imprensa: "À semelhança de outros comediantes, Trevor ultrapassa os limites: é provocador e não poupa ninguém, incluindo ele próprio... É injusto julgá-lo a ele ou à sua comédia com base em algumas piadas. Trevor é um comediante talentoso com um futuro que promete ser brilhante na Comedy Central". Mary Kluk, a presidente de uma associação judaica sul-africana, afirmou que as piadas não demonstravam qualquer tipo de preconceito em relação ao judeus e que se enquadravam no estilo de comédia de Trevor.

A apresentadora não dispensa penteados longos, ou franjas curtas que realcem a sua escultura facial, e geralmente usa tons coloridos, apesar de variar com frequência, só que dessa vez preferiu o famoso corte na parte lateral da cabeça e foi bastante elogiada pelo público.

 Fonte: Wikipedia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe ficar o seu comentário.

Tecnologia do Blogger.