Pular para o conteúdo principal

Em Angola a Igreja Universal enfrenta mais um processo


A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) foi intimada pelo Ministério Público angolano, a comparecer amanhã, na Sala de Trabalho do Tribunal Provincial de Luanda, para um encontro de conciliação com os advogados de um grupo de ex-pastores que intentou uma acção contra si, exigindo indemnização pelo tempo que esteve a trabalhar para a igreja.

Fonte do Jornal de Angola explicou que este encontro visa apenas promover um acordo amigável entre as partes, sem a necessidade de se chegar à fase judicial.

Como o Direito do Trabalho é um ramo especial, não se permite, às vezes, que os casos vão já a julgamento sem que se dê, primeiro, possibilidades às partes de chegarem a um acordo”, frisou.

Os pastores, com idades compreendidas entre 28 e 35 anos, decidiram intentar a acção contra a Igreja Universal por terem sido afastados das funções, sem justa causa, dez anos depois de a servirem exclusivamente.

Caso se chegue à conclusão, neste encontro, que a Igreja Universal deve indemnizar os pastores e, por razões que vierem a alegar, não aceitar fazê-lo, o caso vai subir para a fase judicial, já com um parecer desfavorável do Ministério Público contra a igreja, adiantou a fonte.

Este é o segundo processo judicial que a Igreja Universal enfrenta em Angola, em menos de três meses. O primeiro foi relativo a uma queixa-crime apresentada contra si na Procuradoria Geral da República (PGR), a 6 de Março, por um ex-pastor, que diz ter sido afastado das funções de forma desumana, um mês depois de aceitar fazer, a pedido da instituição, a operação de vasectomia, que o deixou infértil.

O pastor Alfredo Ngola Faustino adiantou ao Jornal de Angola que decidiu avançar com o caso à PGR, depois de ficar a saber, através de um exame de espermograma, que a operação de vasectomia a que se submeteu, em Setembro do ano passado, o deixaria infértil para o resto da vida, e não apenas durante um período de seis meses ou de um ano, como lhe foi prometido.

Ouvido na altura, o porta-voz da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, Jimi Inácio, admitiu a existência da prática de vasectomia dentro da Igreja, mas sublinhou que não é obrigatória. O responsável da IURD garantiu que os pastores são livres de fazer ou não a operação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre na nigeria a primeira mulher piloto de Helicóptero

A Força Aérea nigeriana (NAF) anunciou hoje (15/04), a morte da primeira mulher piloto de helicóptero Late Arotile, devido a ferimentos causados ​​por um acidente de viação NAF Base Kaduna. "É com muita tristeza que a Força Aérea da Nigéria (NAF) anuncia com tristeza a morte infeliz do oficial voador Tolulope Arotile, que morreu em 14 de julho, como resultado de ferimentos na cabeça sofridos por um acidente de trânsito na NAF Base Kaduna.⁣ “Até sua morte, o oficial voador Arotile, que foi comissionado na NAF em setembro de 2017 como membro do Curso Regular 64 da Academia de Defesa da Nigéria, era a primeira mulher piloto de helicóptero de combate do Serviço. ” “Durante sua curta mas impactante permanência no Serviço, a falecida Arotile, que veio de Iffe na área do governo local de Ijumu, no estado de Kogi, contribuiu significativamente para os esforços para livrar os Estados da América do Norte de bandidos e outros elementos criminosos, realizando várias missões de combate

Rapper sul-africano, AKA se recupera do coronavírus após 13 dias

O rapper sul-africano Kiernan Jarryd Forbes ou simplesmente AKA, se recuperou da doença que assola o mundo depois de ter revelado ter a doença na semana passada. O rapper revelou seu resultado positivo através de um comunicado divulgado nas redes socias na semana passada, onde compartilhou o seu isolamento com todos, já que pretende ser transparente  Com isso, o rapper partilhou  hoje (15/07), no seu Twitter que se recuperou do vírus depois de 13 dias.

Covid-19: Jair Balsonaro volta a testar positivo

Bolsonaro voltou a testar positivo ao novo coronavírus, depois de oito dias do primeiro exame, Jair revelou não ter febre desde o dia 6, nem outros sintomas da Covid-19. Porém, o presidente realizou também análises sanguíneas e um exame ao coração que, de acordo com o próprio, apresentaram resultados normais. Segundo a Tv Miramar, desde que testou positivo à Covid-19, no passado dia 7 de junho, Bolsonaro está em isolamento no Palácio da Alvorada, a sua residência oficial. Na conferência de imprensa que realizou nesse mesmo dia, o presidente desvalorizou o diagnóstico.