Pular para o conteúdo principal

Avô, pai e tio são presos por estuprar menina de 11 anos


Um homem de 66 anos, e seus dois filhos, de 33 e 45, foram presos na ultima sexta-feira (10) suspeitos de estuprar uma menina de 11 anos, em Boa Vista. Segundo a Polícia Civil, os homens da mesma família são o avô, pai e tio da vítima.

Os mandados de prisão contra os três foi cumprido por agentes do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (NPCA), onde o caso é investigado.

De acordo com a delegada Jaira Farias, as investigações iniciaram em dezembro do ano passado, após a mãe da menina registrar o Boletim de Ocorrência. A vítima morava há um ano com o pai.

A mãe contou à polícia que a filha a procurou, relatou os abusos e disse que estava com a suspeita de estar grávida do próprio pai.

“Em seu relato, a menina disse que vinha sofrendo abuso sexual por parte do pai diariamente. A menina disse ainda que uma cunhada do pai dela, chegou a dar um remédio caseiro para que a menina abortasse devido a suspeita da gravidez”, detalhou.

Em depoimento a delegada, a vítima disse ainda que o tio a abusava passando a mão em suas partes íntimas e que o avô também tentou estuprá-la. A menina passou por exame no Instituto Médico Legal (IML), onde foi constatado o abuso sexual.


“Tanto o pai, o tio e o avô foram ouvidos durante as investigações e negaram os abusos sexuais. Contudo, os exames de conjunção carnal confirmaram que a menina não é mais virgem e apontaram lesões em suas partes íntimas”, detalhou a delegada.

Conforme a Civil, a cunhada do pai da vítima, acusada de dar o remédio a ela, também foi ouvida, mas ela não teve prisão decretada. Quanto à gravidez, a delegada disse que não foi confirmada. Não se sabe se realmente ela abortou quando tomou o remédio caseiro.

A vítima foi encaminhada para atendimento psicológico pela equipe do NPCA e a guarda está sob a responsabilidade da mãe. Todas as situações que envolvem o caso configuram o estupro, informou a polícia.

Quanto à gravidez, a delegada disse que não foi confirmada e que não se sabe se realmente ela abortou quando tomou o remédio caseiro. A garota foi encaminhada para atendimento psicológico pela equipe do NPCA e a guarda da garota está sob a responsabilidade da mãe.

Depois de presos, os três foram conduzidos ao NPCA e, posteriormente encaminhados à Cadeia Pública, aonde permanecerão à disposição da Justiça.

Fonte: Globo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre na nigeria a primeira mulher piloto de Helicóptero

A Força Aérea nigeriana (NAF) anunciou hoje (15/04), a morte da primeira mulher piloto de helicóptero Late Arotile, devido a ferimentos causados ​​por um acidente de viação NAF Base Kaduna. "É com muita tristeza que a Força Aérea da Nigéria (NAF) anuncia com tristeza a morte infeliz do oficial voador Tolulope Arotile, que morreu em 14 de julho, como resultado de ferimentos na cabeça sofridos por um acidente de trânsito na NAF Base Kaduna.⁣ “Até sua morte, o oficial voador Arotile, que foi comissionado na NAF em setembro de 2017 como membro do Curso Regular 64 da Academia de Defesa da Nigéria, era a primeira mulher piloto de helicóptero de combate do Serviço. ” “Durante sua curta mas impactante permanência no Serviço, a falecida Arotile, que veio de Iffe na área do governo local de Ijumu, no estado de Kogi, contribuiu significativamente para os esforços para livrar os Estados da América do Norte de bandidos e outros elementos criminosos, realizando várias missões de combate

Rapper sul-africano, AKA se recupera do coronavírus após 13 dias

O rapper sul-africano Kiernan Jarryd Forbes ou simplesmente AKA, se recuperou da doença que assola o mundo depois de ter revelado ter a doença na semana passada. O rapper revelou seu resultado positivo através de um comunicado divulgado nas redes socias na semana passada, onde compartilhou o seu isolamento com todos, já que pretende ser transparente  Com isso, o rapper partilhou  hoje (15/07), no seu Twitter que se recuperou do vírus depois de 13 dias.

Covid-19: Jair Balsonaro volta a testar positivo

Bolsonaro voltou a testar positivo ao novo coronavírus, depois de oito dias do primeiro exame, Jair revelou não ter febre desde o dia 6, nem outros sintomas da Covid-19. Porém, o presidente realizou também análises sanguíneas e um exame ao coração que, de acordo com o próprio, apresentaram resultados normais. Segundo a Tv Miramar, desde que testou positivo à Covid-19, no passado dia 7 de junho, Bolsonaro está em isolamento no Palácio da Alvorada, a sua residência oficial. Na conferência de imprensa que realizou nesse mesmo dia, o presidente desvalorizou o diagnóstico.