Pular para o conteúdo principal

Nampula - mulher se transforma em cobra


É mais um insólito, que deixou o bairro Nitikiri, em pânico. Uma mulher de 36 anos de idade, transformou-se em cobra, aparentemente, por ter subtraído da carteira do seu marido 2.000,00Mt (dois mil meticais) na noite da última sexta-feira (10). Segundo escreve o Jornal Ikweli.
O caso estranho está a dominar as conversas de café e de equina na cidade de Nampula, e o marido da “mulher-cobra” encontra-se foragido.
Segundo a mesma fonte, quando a senhora foi ao rio Muepelume lavar roupa em companhia com outras mulheres começou-se a notar uma transformação do seu corpo, facto que fez com as companheiras fugissem do local e solicitassem a intervenção das autoridades tradicionais locais.
Carlos Simão, um dos residentes de Muthita, disse, que apercebendo-se da situação, pela agitação popular, dirigiu-se ao local, onde encontrou a “mulher – cobra” a seguir o leito do rio.
“Senhor jornalista, esta situação é de lamentar”, disse Simão, para depois apontar que “essas nossas mulheres de hoje gostam muito de dinheiro e isto que estamos a ver hoje é uma das consequências”.
A senhora Sandra Ali contou, também, que a mulher após transformar-se em cobra fixou-se numa ponte sobre o mesmo rio, onde várias pessoas acorreram para verem o acontecimento insólito.
O líder comunitário local, Miguel Rui, avançou a nossa reportagem que quando chegou ao sítio, a mulher ainda era metade pessoa e metade cobra.
“De seguida liguei para os meus superiores para lhes por a par da ocorrência”, disse o régulo Rui, para depois contar que “a mulher já estava a seguir o rio para a zona onde tem uma barragem com muita água. Até mesmo eu que sou líder não sei o que fazer, porque já tentamos procurar o tal marido junto com a família, e ele já não existe, e nem se quer o telefone dele chama”.
Os vizinhos do casal viram-se obrigados a abandonarem as suas casas temendo o pior.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre na nigeria a primeira mulher piloto de Helicóptero

A Força Aérea nigeriana (NAF) anunciou hoje (15/04), a morte da primeira mulher piloto de helicóptero Late Arotile, devido a ferimentos causados ​​por um acidente de viação NAF Base Kaduna. "É com muita tristeza que a Força Aérea da Nigéria (NAF) anuncia com tristeza a morte infeliz do oficial voador Tolulope Arotile, que morreu em 14 de julho, como resultado de ferimentos na cabeça sofridos por um acidente de trânsito na NAF Base Kaduna.⁣ “Até sua morte, o oficial voador Arotile, que foi comissionado na NAF em setembro de 2017 como membro do Curso Regular 64 da Academia de Defesa da Nigéria, era a primeira mulher piloto de helicóptero de combate do Serviço. ” “Durante sua curta mas impactante permanência no Serviço, a falecida Arotile, que veio de Iffe na área do governo local de Ijumu, no estado de Kogi, contribuiu significativamente para os esforços para livrar os Estados da América do Norte de bandidos e outros elementos criminosos, realizando várias missões de combate

Rapper sul-africano, AKA se recupera do coronavírus após 13 dias

O rapper sul-africano Kiernan Jarryd Forbes ou simplesmente AKA, se recuperou da doença que assola o mundo depois de ter revelado ter a doença na semana passada. O rapper revelou seu resultado positivo através de um comunicado divulgado nas redes socias na semana passada, onde compartilhou o seu isolamento com todos, já que pretende ser transparente  Com isso, o rapper partilhou  hoje (15/07), no seu Twitter que se recuperou do vírus depois de 13 dias.

Covid-19: Jair Balsonaro volta a testar positivo

Bolsonaro voltou a testar positivo ao novo coronavírus, depois de oito dias do primeiro exame, Jair revelou não ter febre desde o dia 6, nem outros sintomas da Covid-19. Porém, o presidente realizou também análises sanguíneas e um exame ao coração que, de acordo com o próprio, apresentaram resultados normais. Segundo a Tv Miramar, desde que testou positivo à Covid-19, no passado dia 7 de junho, Bolsonaro está em isolamento no Palácio da Alvorada, a sua residência oficial. Na conferência de imprensa que realizou nesse mesmo dia, o presidente desvalorizou o diagnóstico.