Cabeçalho

terça-feira, 7 de julho de 2020

China confirmou caso de peste negra e anunciou mais um suspeito


O caso suspeito de peste negra detetado na região autónoma da Mongólia Interior já foi confirmado pela China, elevando o alerta no país, avançou a BBC esta terça-feira ao mesmo tempo que avança com a possibilidade de uma jovem de 15 anos também estar infetada.

O pastor doente foi internado num hospital em Bayannur, não sendo conhecida a forma como terá apanhado a peste. Está atualmente estável e em quarentena.

Já a rapariga que poderá também ter apanhado esta peste, terá estado em contacto com uma marmota caçada por um cão, segundo confirmou o China Global Times.

Há ainda outros dois casos a registar: dois irmãos que foram hospitalizados com a doença após terem comido também carne de marmota. É que mamíferos de pequeno porte, como este, carregam muitas vezes pulgas infetadas com a bactéria yersinia pestis, que causa a peste bubónica e pneumónica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe ficar o seu comentário.

Tecnologia do Blogger.