Biografias

Beyoncé, Rihanna e Nicki Minaj apoiam protestos contra brutalidade policial na Nigéria


Nas últimas semanas, muitos nigerianos foram para as ruas protestar contra a Special Anti-Robbery Squad, também conhecida como SARS, que é uma unidade de força policial do país. Após um vídeo de policiais matando brutalmente um homem, muitas pessoas foram para as ruas protestar e subiram a hashtag EndSARS.

Na noite da última terça-feira (20), as forças de segurança nigerianas abriram fogo contra os manifestantes, que estavam fazendo protestos pacíficos, na cidade de Lagos, matando várias pessoas. Além disso, a SARS é acusada de corrupção, extorsão, roubo, tortura, sequestro, execuções e assédio, agressões contra a população jovem e sem punição aos responsáveis.

Beyoncé disse estar com o coração partido com a brutalidade sem sentido na Nigéria. Ela também afirma que a SARS precisa acabar e que está trabalhando em parceria com organizações para apoiar os jovens que estão protestando por mudanças, fornecendo cuidados de saúde de emergência, alimentação e abrigo.

Rihanna também disse estar com o coração partido e que não consegue suportar ver a brutalidade e tortura que afeta todas as nações. Ela acrescenta que é uma traição para os cidadãos, pois “as mesmas pessoas criadas para proteger são aquelas pelas quais mais tememos ser assassinados” e finaliza dizendo que está orgulhosa pela força e por não desistirem de lutar pelo que é certo.

Já Nicki Minaj disse estar orando pelos bravos jovens da Nigéria e que estão na linha de frente contra a violência sem sentido. Ela finaliza dizendo que a voz dos manifestantes estão sendo ouvidas.

Além disso, outras celebridades também prestaram apoio aos protestos, como Kanye West, Big Sean, Trey Songz, Lil Baby, Naomi Campbell, John Boyega, Davido e Burna Boy.

Fonte: Portal Famosos

Postar um comentário

0 Comentários