Pular para o conteúdo principal

Beyoncé, Rihanna e Nicki Minaj apoiam protestos contra brutalidade policial na Nigéria


Nas últimas semanas, muitos nigerianos foram para as ruas protestar contra a Special Anti-Robbery Squad, também conhecida como SARS, que é uma unidade de força policial do país. Após um vídeo de policiais matando brutalmente um homem, muitas pessoas foram para as ruas protestar e subiram a hashtag EndSARS.

Na noite da última terça-feira (20), as forças de segurança nigerianas abriram fogo contra os manifestantes, que estavam fazendo protestos pacíficos, na cidade de Lagos, matando várias pessoas. Além disso, a SARS é acusada de corrupção, extorsão, roubo, tortura, sequestro, execuções e assédio, agressões contra a população jovem e sem punição aos responsáveis.

Beyoncé disse estar com o coração partido com a brutalidade sem sentido na Nigéria. Ela também afirma que a SARS precisa acabar e que está trabalhando em parceria com organizações para apoiar os jovens que estão protestando por mudanças, fornecendo cuidados de saúde de emergência, alimentação e abrigo.

Rihanna também disse estar com o coração partido e que não consegue suportar ver a brutalidade e tortura que afeta todas as nações. Ela acrescenta que é uma traição para os cidadãos, pois “as mesmas pessoas criadas para proteger são aquelas pelas quais mais tememos ser assassinados” e finaliza dizendo que está orgulhosa pela força e por não desistirem de lutar pelo que é certo.

Já Nicki Minaj disse estar orando pelos bravos jovens da Nigéria e que estão na linha de frente contra a violência sem sentido. Ela finaliza dizendo que a voz dos manifestantes estão sendo ouvidas.

Além disso, outras celebridades também prestaram apoio aos protestos, como Kanye West, Big Sean, Trey Songz, Lil Baby, Naomi Campbell, John Boyega, Davido e Burna Boy.

Fonte: Portal Famosos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre na nigeria a primeira mulher piloto de Helicóptero

A Força Aérea nigeriana (NAF) anunciou hoje (15/04), a morte da primeira mulher piloto de helicóptero Late Arotile, devido a ferimentos causados ​​por um acidente de viação NAF Base Kaduna. "É com muita tristeza que a Força Aérea da Nigéria (NAF) anuncia com tristeza a morte infeliz do oficial voador Tolulope Arotile, que morreu em 14 de julho, como resultado de ferimentos na cabeça sofridos por um acidente de trânsito na NAF Base Kaduna.⁣ “Até sua morte, o oficial voador Arotile, que foi comissionado na NAF em setembro de 2017 como membro do Curso Regular 64 da Academia de Defesa da Nigéria, era a primeira mulher piloto de helicóptero de combate do Serviço. ” “Durante sua curta mas impactante permanência no Serviço, a falecida Arotile, que veio de Iffe na área do governo local de Ijumu, no estado de Kogi, contribuiu significativamente para os esforços para livrar os Estados da América do Norte de bandidos e outros elementos criminosos, realizando várias missões de combate

Rapper sul-africano, AKA se recupera do coronavírus após 13 dias

O rapper sul-africano Kiernan Jarryd Forbes ou simplesmente AKA, se recuperou da doença que assola o mundo depois de ter revelado ter a doença na semana passada. O rapper revelou seu resultado positivo através de um comunicado divulgado nas redes socias na semana passada, onde compartilhou o seu isolamento com todos, já que pretende ser transparente  Com isso, o rapper partilhou  hoje (15/07), no seu Twitter que se recuperou do vírus depois de 13 dias.

Covid-19: Jair Balsonaro volta a testar positivo

Bolsonaro voltou a testar positivo ao novo coronavírus, depois de oito dias do primeiro exame, Jair revelou não ter febre desde o dia 6, nem outros sintomas da Covid-19. Porém, o presidente realizou também análises sanguíneas e um exame ao coração que, de acordo com o próprio, apresentaram resultados normais. Segundo a Tv Miramar, desde que testou positivo à Covid-19, no passado dia 7 de junho, Bolsonaro está em isolamento no Palácio da Alvorada, a sua residência oficial. Na conferência de imprensa que realizou nesse mesmo dia, o presidente desvalorizou o diagnóstico.