Pular para o conteúdo principal

Artistas Africanos no Festival de música do mundo Sines


A 18.ª edição do FMM realiza-se de 22 a 30 de julho próximo, em Porto Covo e Sines, e a estes nomes de tradição musical africana, que incluem ainda Mbongwana Star, Khaira Arby, Danyèl Waro, Bitori e Bamba Wassoulou Groove, juntam-se os anunciados anteriormente, designadamente, o percussionista tunisino Imed Alibi, o músico rock argelino Speed Caravan, os egípcios Islam Chipsy & E.E.K., o cantor franco-libanês Bachar Mar-Khalifé, o duo arménio-turco duo Vardan Hovanissian & Emre Gültekin, o quarteto vocal da Geórgia Alaverdi, as ucranianas Dakh Daughters e a banda estónia Trad.Attack!.

Do cartaz constam já Alibombo (Colômbia), Billy Bragg (Reino Unido), Bixiga 70 (Brasil), BNegão & Seletores de Frequência (Brasil), Graveola (Brasil), Juana Molina (Argentina), Los Pirañas (Colômbia), Systema Solar (Colômbia), The Comet is Coming (Reino Unido) e The Unthanks (Reino Unido).

O FMM Sines - Festival Músicas do Mundo, criado em 1999, “é a experiência de música ao vivo mais global que acontece no nosso país”, afirma a organização em comunicado.

Fonte: Sapo Pt

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morre na nigeria a primeira mulher piloto de Helicóptero

A Força Aérea nigeriana (NAF) anunciou hoje (15/04), a morte da primeira mulher piloto de helicóptero Late Arotile, devido a ferimentos causados ​​por um acidente de viação NAF Base Kaduna. "É com muita tristeza que a Força Aérea da Nigéria (NAF) anuncia com tristeza a morte infeliz do oficial voador Tolulope Arotile, que morreu em 14 de julho, como resultado de ferimentos na cabeça sofridos por um acidente de trânsito na NAF Base Kaduna.⁣ “Até sua morte, o oficial voador Arotile, que foi comissionado na NAF em setembro de 2017 como membro do Curso Regular 64 da Academia de Defesa da Nigéria, era a primeira mulher piloto de helicóptero de combate do Serviço. ” “Durante sua curta mas impactante permanência no Serviço, a falecida Arotile, que veio de Iffe na área do governo local de Ijumu, no estado de Kogi, contribuiu significativamente para os esforços para livrar os Estados da América do Norte de bandidos e outros elementos criminosos, realizando várias missões de combate

Rapper sul-africano, AKA se recupera do coronavírus após 13 dias

O rapper sul-africano Kiernan Jarryd Forbes ou simplesmente AKA, se recuperou da doença que assola o mundo depois de ter revelado ter a doença na semana passada. O rapper revelou seu resultado positivo através de um comunicado divulgado nas redes socias na semana passada, onde compartilhou o seu isolamento com todos, já que pretende ser transparente  Com isso, o rapper partilhou  hoje (15/07), no seu Twitter que se recuperou do vírus depois de 13 dias.

Covid-19: Jair Balsonaro volta a testar positivo

Bolsonaro voltou a testar positivo ao novo coronavírus, depois de oito dias do primeiro exame, Jair revelou não ter febre desde o dia 6, nem outros sintomas da Covid-19. Porém, o presidente realizou também análises sanguíneas e um exame ao coração que, de acordo com o próprio, apresentaram resultados normais. Segundo a Tv Miramar, desde que testou positivo à Covid-19, no passado dia 7 de junho, Bolsonaro está em isolamento no Palácio da Alvorada, a sua residência oficial. Na conferência de imprensa que realizou nesse mesmo dia, o presidente desvalorizou o diagnóstico.